Por que Quebrou?
Pauline Ferrand Prevot, ciclista francesa profissional, 3 vezes campeã mundial  escreveu em seu Insta que “quebrou” em uma prova importante para a sua carreira Domingo (relato no insta).

Palavras dela “eu estava me sentindo muito forte durante a primeira hora e sabia que podia ganhar, mas após a 3 volta, senti algo estranho no meu corpo, (…) percebi que não tinha “abastecido” bem meu organismo”. Ela afirmou que “brincou com o fogo” tentando perder peso nas semanas anteriores, pois sabia que as subidas eram bem pesadas nesta etapa em 🇦🇩, e estar mais leve ajudaria. 

Sem duvida, estar leve é vantajoso, especialmente nas subidas. Mas algumas observações valem ser feitas em relação a isso! Na verdade, o q importa mais seria a relação peso/potência (w/kg). Ou seja, não adianta perder peso a qualquer custo! O peso perdido deve ser apenas gordura, caso contrário, vc pode perder força e não conseguir imprimir a mesma potência na bike.

Neste caso, a performance pode cair. Nesta perda de peso, a massa muscular (e a força) têm que ser mantidas! Pois aí sim, melhoraremos essa relação W/kg! A outra questão que deve ser observada é a quantidade de glicogênio (reserva de glicose) armazenado para ser usado durante a prova. A restrição alimentar (especialmente de carbos) nas vésperas da prova podem reduzir esta reserva. Com isso, a perda de peso acontece sim (pois o glicogênio para ser armazenado precisa de água, ou seja, pesa!). Mas, novamente, esta perda de peso não foi “de qualidade”, ou seja, não foi de gordura. 

Resultado? Certamente vai cair a performance na prova! Especialmente numa prova de MTB, onde há subidas fortes e a frequência pode variar bastante, ter as reservas de carbo no máximo, pode ser decisivo para a boa performance na prova! 

Resumindo, eu não posso afirmar o que aconteceu (não sou nutricionista dela e não sei q restrição fez) mas, analisando de fora, diria q ela pode ter perdido massa muscular (e potência) e não ter iniciado a prova com a reserva máxima de glicogênio. Com isso, essa reserva esgotou rapidamente na terceira volta, o que fez a atleta não conseguir manter a velocidade, caindo posições e terminando a prova em 12 lugar.ResponderEncaminhar