Barriga sempre estufada?

Observando na prática do consultório (me digam os outros nutricionistas por aqui se também sentem o mesmo), me impressiona o número crescente de pacientes com queixas de inchaço/ gases/ desconforto/ dor abdominal diária! Pessoas que relatam estar excluindo tudo da alimentação, sem saber a causa de tanto desconforto!

Ao mesmo tempo (e, não por acaso, eu diria), a carbofobia foi instalada na sociedade! O carboidrato virou o vilão de tudo e a insulina o hormônio mais condenado! Vejo praticantes de atividades físicas cada vez excluindo mais o carbo da alimentação diária com o objetivo de perda de gordura. Já escrevi aqui algumas vezes que acho que o caminho realmente não é este! Mas o texto de hoje não é para falar de perda de gordura, mas sim da ligação entre: restrição de carboidratos e problemas intestinais.

Uma dieta muito reduzida em carboidratos pode levar a disbiose intestinal e à redução da diversidade da flora intestinal. Isso acontece pela falta de fibras solúveis e amido resistente (substancias presentes em alguns carboidratos) na alimentação de pessoas em “low carb”. Essas fibras são essenciais para o crescimento de bactérias benéficas; sem as quais não há produção de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) – fundamentais para a saúde intestinal.

Na ausência da produção de AGCC, a digestão e absorção de vários nutrientes fica extremamente prejudicada – o que pode estar causando tanto desconforto! (entende que o problema pode não ser a lactose ou o glúten em si? Mas sim, um cenário bem mais profundo?).

Não esqueça – o seu intestino funcionando em perfeito estado é o primeiro passo a ser considerado em qualquer programa nutricional, pois em primeiro lugar você deve absorver perfeitamente os nutrientes calculados pelo seu nutricionista!

EAT WELL, TRAIN BETTER, GET RESLTS