0

MÚSICA E PERFORMANCE

Voltando a falar de alterações no Sistema Nervoso Central para evolução na Performance, mas hoje abordando o assunto não necessariamente na parte nutricional.

Há na ciência inúmeros fatores comprovados que podem modificar uma Estratégia de Prova.

A presença da música durante o treinamento é uma delas. E não é só pelo “correr no ritmo da música, não” rs. Há realmente mudanças em estímulos no Sistema Nervoso Central (SNC) que possibilitam essas alterações. Para entender os mecanismos que explicam as diferentes respostas psicológicas e de desempenho envolvendo a música, pesquisadores começaram a estudar mais a fundo tal fato.

Foi demonstrado um efeito ergogênico da música em corrida de 400m, quando comparado um grupo com música e outro sem. Os melhores resultados foram na condição com música.

O mais interessante é que a PSE (percepção subjetiva de esforço) não mudou na situação com ou sem música. Esses achados sugerem que a música afete fatores como foco de atenção na atividade e afetividade, permitindo que atletas aumentem a velocidade sem alterar a percepção de esforço!

Estas evidências demonstram a capacidade de a música agir positivamente no estado psicológico dos atletas, podendo resultar em melhores resultados em provas de curtas a medias distâncias.

Um conselho? Aproveite a Wings For Life, por exemplo, que é uma prova sem uma distância fixa pré determinada para “testar” essa estratégia.

Referência (Livro Aptidão Aeróbia – estratégia de prova).


avatar

Julia Engel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *