0

COMO GARANTIR ENERGIA PARA O MEU PRÓXIMO TREINO?

Muita gente se preocupa bastante em relação ao que vai comer antes de um treino, mas, naquela “euforia pós treino” acaba esquecendo ou perdendo o apetite quando o mesmo termina! É aí que está um grande erro: Negligenciar esta refeição após o exercício e acabar ficando em jejum durante horas após terminar um treino.

Qual o grande problema que vejo nisso? Não refazer os estoques de glicogênio muscular adequadamente. Se estes estoques não tiverem “cheios o suficiente”, certamente faltará energia para o próximo treino por mais que você inclua carboidratos logo antes de começá-lo. Isso porque as enzimas responsáveis pela “produção” deste glicogênio terão seu pico máximo de atividade neste pós treino.

É preciso aproveitar este momento, principalmente por que o estoque de glicose (na forma de glicogênio) feito no músculo, somente será utilizado em atividades daquele grupamento muscular, ou seja, por mais que você limite a ingestão de carboidratos posteriormente ao longo do dia (com objetivo de perda de gordura ou qualquer outra razão), aquele estoque muscular feito, não será utilizado – garantindo assim carbo suficiente para o próximo treino.

Isso é possível, pois diferente do que acontece no fígado, a glicose que chega ao músculo provavelmente será logo “guardada” na forma de glicogênio e não estará disponível para outros tecidos em um momento posterior (uma vez que esta reação é irreversível). Já a mesma enzima responsável por guardar a glicose no fígado não tem tanta afinidade pela glicose (como no caso do músculo), permitindo que esta seja utilizada por outros tecidos posteriormente (quimicamente falando, as enzimas fazem a mesma função, porém possuem Km diferentes).

Desta maneira, para garantir melhora de rendimentos nos treinos seguintes, preocupe-se em ingerir tanto a proteína quanto o carboidrato (preferencialmente de fácil absorção) após a sua seção de treinos!


avatar

Julia Engel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *