0

CARBOIDRATO BOM X CARBOIDRATO RUIM?

Como a moda é demonizar alimentos, muita gente classifica os carboidratos atualmente como “bons ou ruins”. A pergunta que sempre faço é: bom ou ruim para quem? Para que momento?

Digo isso, pois, principalmente quando trabalho com a nutrição esportiva, uma grande vantagem que vejo é a variação que os carboidratos conseguem fornecer em relação ao índice glicêmico, velocidade de absorção e variação dos níveis de insulina!

Explicando melhor, você já deve ter ouvido falar que alguns carboidratos têm índice glicêmico mais alto que outros! Ou seja, alguns são absorvidos de forma mais rápida e aumentam mais rapidamente a glicemia no sangue (e quantidade de insulina liberada). Para quem não faz atividade nenhuma realmente não vejo muita vantagem em consumir carbos de alto índice glicêmico (talvez por isso eles tenham sido demonizados, sendo considerados “os carbos ruins”). Quando colocados inapropriadamente, podem estimular aumento de gordura, aumento de triglicerídeos no sangue, resistência à insulina… São exemplos: pão branco, batata, cereais de milho..

Porém, para quem faz alguma atividade e busca performance, esse cenário muda completamente (e o que era “ruim” pode se tornar o seu melhor amigo!). Isso porque em alguns momentos exatamente o que precisamos é aumentar a sinalização e subir insulina mesmo! Com isso, “ganhamos” melhor recuperação muscular e aumento do armazenamento na forma de glicogênio.

Coloquei aqui algumas imagens de um texto publicado no site da Harvard Medical School, que mostra o índice glicêmico de alguns carboidratos.

Viu como radicalismos não servem? Na nutrição temos que olhar sempre o cenário e o metabolismo como um todo para ajustar perfeitamente tudo em sincronia: atividade, hormônios e alimentação. Quando digo que todos os alimentos “podem” é porque acredito que cada um tenha o seu momento de entrar em um programa nutricional.

Bons treinos!


avatar

Julia Engel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *