0

Uma coisa é “não sentir fraco” outra coisa é “performance máxima”!

Há dias ouvi o papo de 2 pessoas conversando alto sobre dieta e não pude deixar de prestar atenção 🤷‍♀️. Eles comentavam que quando queriam baixar peso, podiam fazer uma dieta super restrita, comendo basicamente vegetais pouco calóricos que correriam da mesma forma! Isso não impactava no seu rendimento no treino… Fiquei pensando sobre e achei que seria um bom tema para escrever e discutir alguns aspectos importantes aqui:
Uma coisa é a pessoa já treinada ser capaz de usar muito bem a gordura como fonte de energia num treino e não “quebrar” fazendo uma dieta mais puxada. Ok.. sem dúvidas indivíduos treinados conseguem fazer isso.

Agora, outra coisa é o mesmo indivíduo treinado fazer uma dieta focando em performance! Observe: uma coisa é “não quebrar” num treino, a outra é “performar”! Quando vc consegue manipular a dieta para fazer o estoque máximo de glicogênio para um treino; quando vc “ensina” o seu corpo a fazer um cross over energético alternando as predominâncias da utilização de carbo ou gordura como fonte de energia, o seu rendimento é outro!!! Não queira negar todo o avanço das pesquisas em nutrição esportiva até os dias de hoje!
Além disso, uma dieta muito restrita que tenha carências graves de macronutrientes pode acabar gerando um lesão por falta de nutrientes e falta de recuperação adequada após o treino!

Cuidado ao olhar as coisas apenas com uma visão restrita que vc tem sobre a sua prática! A evolução pode estar correndo do seu lado (ou na sua frente, rs) e vc deixar passar… ✌️


avatar

Julia Engel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *